Fale conosco pelo WhatsApp

Como saber se tenho desvio de septo?

Imagem de um nariz com um sinal vermelho na região onde é possível sentir o desvio de septo. s

23 maio, 2022 Por:

Entenda quais são os principais sintomas dessa deformação nasal e quais os melhores tratamentos existentes

Muitos pacientes com problemas respiratórios ou até mesmo estéticos na região nasal já devem ter se perguntado: “como saber se tenho desvio de septo”? A resposta para esse questionamento, evidentemente, necessita de uma avaliação clínica mais detalhada por parte de um profissional, mas alguns sintomas podem ser observados em casa.

Se você chegou até aqui porque se fez a pergunta “como saber se tenho desvio de septo?”, a boa notícia é que, caso você realmente sofra com este problema, existem procedimentos cirúrgicos relativamente simples capazes de corrigir esse incômodo. Dessa forma, é possível promover bem-estar, conforto estético e qualidade de vida aos pacientes.

O que é o desvio de septo?

O septo nasal é constituído pela parede que separa as duas narinas, sendo formado por ossos, mucosas e cartilagem. Em condições normais, essa parede é reta e as narinas são idênticas uma à outra.

No entanto, muitos pacientes que se perguntam “como saber se tenho desvio de septo?” muito provavelmente já desconfiaram de que o septo torto está provocando um desvio, afetando os aspectos funcionais e estéticos do nariz.

O desvio do septo nasal pode ser um distúrbio congênito, ou ainda se manifestar na infância, durante o desenvolvimento da estrutura óssea da criança. Essa condição também pode ser provocada por:

  • Processos inflamatórios;
  • Infecções;
  • Alergias crônicas;
  • Cirurgias;
  • Traumas e lesões — como um acidente de carro, uma queda ou um ferimento durante uma prática esportiva.

Alguns pacientes que se perguntam “como saber se tenho desvio de septo?” podem chegar a esse questionamento por estarem com problemas na função respiratória. No entanto, este não é o único problema que pode comprometer a respiração, que também pode ser afetada por rinites, pólipos e cornetos nasais.

Sintomas de desvio do septo nasal

Para quem se pergunta “como saber se tenho desvio de septo?”, uma boa resposta seria se atentar à presença de sintomas como roncos, apneia do sono, respiração pela boca, dores e desconfortos na região frontal da face, além da presença de sinusite e até mesmo sangramento nasal.

Alguns pacientes podem não registrar sintomas, já que o desvio pode não comprometer a qualidade da respiração, mas o problema pode comprometer a estética da face, fazendo com que o nariz apresente uma aparência torta.

Muitas pessoas demoram a descobrir a condição, já que os sintomas são comumente associados a resfriados. No entanto, se você está aqui para responder à pergunta “como saber se tenho desvio do septo?”, a melhor indicação é procurar por orientação médica.

Afinal, como saber se tenho desvio do septo?

A melhor resposta para essa pergunta é procurar por um médico. Se você se deparou com o questionamento “como saber se tenho desvio do septo?”, saiba que só mesmo um exame realizado por um especialista poderá te dar a resposta adequada.

O médico pode solicitar exames, como a videoendoscopia nasal, para confirmar o diagnóstico. O profissional também pode requerer uma tomografia computadorizada dos seios perinasais. Confirmado o diagnóstico, uma cirurgia pode ser recomendada para corrigir a disfunção.

Como corrigir o desvio de septo?

O médico pode indicar tratamentos não invasivos para atenuar os sintomas, como uso de medicamentos, lavagens com água e sal, corticoides nasais ou descongestionantes. No entanto, nenhuma dessas intervenções é suficiente para corrigir a deformidade.

O único procedimento realmente eficiente para corrigir um desvio de septo nasal é a cirurgia de correção do septo, também conhecida como septoplastia. No entanto, ela só pode ser feita após uma avaliação minuciosa do médico, levando em consideração os sintomas apresentados e o grau do desvio do septo.

Se você chegou até aqui para responder à pergunta “como saber se tenho desvio do septo?”, a melhor indicação é procurar um médico especializado e realizar os exames solicitados. Só uma conversa com um especialista poderá te direcionar para a recuperação de uma boa qualidade vida.

Saiba mais sobre a cirurgia de desvio de septo agendando uma consulta!

Fontes:

Dr. Paolo Rubez

Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica

Sociedade Brasileira de Otorrinolaringologia

Dr. Paolo Rubez

Dr. Paolo Rubez

Cirurgião Plástico
CRM/SP: 124.773
RQE: 38.994
Formado pela UNIFESP, o cirurgião plástico Dr. Paolo Rubez coloca em prática toda a sua experiência em cirurgias estéticas, além de colaborar na disseminação da cirurgia de combate a enxaqueca, técnica em que é pioneiro no Brasil