Fale conosco pelo WhatsApp

Saiba quais são os cuidados pós rinoplastia

médica mexendo em curativo de nariz na paciente

16 março, 2022 Por:

Há sete procedimentos básicos neste sentido; não os seguir coloca em risco os ganhos trazidos pela operação.

Os cuidados pós rinoplastia são parte integrante do processo que levará ao sucesso de tal intervenção cirúrgica. Isto porque, na maior parte das vezes, a cirurgia de rinoplastia é realizada por motivos estéticos. E a falta de cuidados pós-operatórios anula, exatamente, o ganho em termos de beleza facial alcançados através do procedimento.

Porém, antes de prosseguir, convém deixar claro o que é uma rinoplastia.

Em poucas palavras, a rinoplastia é uma cirurgia feita no nariz de uma paciente, ou no de um paciente, a qual tem por objetivo modificar a aparência externa do rosto a fim de melhorar características dele e, assim, atingir uma harmonia com os demais traços do indivíduo.

Há dois tipos de rinoplastia, a aberta e a fechada. Saiba mais sobre a diferença entre elas.

No tipo aberto, as incisões são feitas nas laterais do nariz e na columela. Isso propicia uma melhor visão anatômica ao cirurgião. Removendo ou acrescentando tecidos, cartilagem e ossos, tal profissional remodela o nariz de seu cliente.

Já no tipo fechado, todas as incisões necessárias são realizadas internamente.

Dito isso, quais são os cuidados pós-rinoplastia que médico e paciente (em especial esse último) devem tomar visando assegurar o sucesso da intervenção?

Vamos conhecê-los.

Os 7 cuidados pós rinoplastia que devem ser tomados

Existe uma “linha do tempo” dos cuidados pós rinoplastia a ser observada, antes e durante a prática de tais cuidados. Não respeitá-la, e/ou não implementar esses cuidados, pode levar embora tudo o que se ganhou, em termos estéticos e até de saúde, com a rinoplastia.

Antes, vamos falar da linha do tempo mencionada. A recuperação de uma rinoplastia leva perto de 15 dias, assim divididos:

  • As primeiras 24 horas do pós-operatório, quando a dieta deve ser bem leve e não se pode dirigir, devido à anestesia;
  • As 48 horas do pós cirurgia, quando deve-se repousar com a cabeça reclinada e fazer compressas, visando minimizar hematomas e inchaços;
  • A primeira semana – nela, evita-se esforços físicos e banhos quentes. É também quando ocorre a primeira consulta de retorno;
  • A segunda semana, na qual já se pode retomar a maioria das atividades – a não ser a prática de atividades físicas, banhos de sol e o uso de óculos.

Esclarecida esta questão temporal, vamos agora aos 7 cuidados pós rinoplastia que todo aquele que se submete a tal intervenção deve observar:

  • Ao término da operação é feito um curativo sobre o nariz e parte do rosto. Ele mantém a posição dos ossos nasais fraturados e orienta a aderência da pele sobre as estruturas. Não deve ser molhado, e deve ser retirado apenas pelo cirurgião ao fim de, ao menos, oito dias;
  • Jamais remova o curativo por conta própria;
  • Não recorte o excesso de fio dos pontos feitos. Eles são deixados assim propositalmente, para que depois possam ser retirados mais facilmente;
  • Higienize rosto e cabelos constantemente;
  • Porém, durante o período cicatricial, devido à dificuldade em molhar o rosto, a pele facial pode acabar ficando oleosa. Ocorre até mesmo o surgimento de acnes, as quais depois somem quando a lavagem do rosto volta a se dar normalmente;
  • A melhor opção para a limpeza do rosto nessa fase é o uso de lenços umedecidos;
  • Cabelos: sim, podem ser lavados, no salão de beleza ou na própria residência – desde que haja a precaução de não molhar o curativo sob a área atingida pela rinoplastia.

Outras providências

O principal incômodo nos primeiros dias após a cirurgia é a obstrução nasal.

Esta obstrução é causada pelo edema das paredes internas das fossas nasais e pela presença de secreções e coágulos. No dia seguinte à cirurgia, o paciente deve iniciar lavagens frequentes das fossas nasais com spray específico, pelo menos 4 vezes ao dia.

Vale lembrar: o paciente deve evitar o uso de óculos por pelo menos dois meses após a rinoplastia.

O Dr. Paolo Rubez é cirurgião plástico, formado pela Escola Paulista de Medicina/UNIFESP. Tem forte experiência, por exemplo, no combate a migrâneas via uso da toxina botulínica (botox). E, entre os anos de 2014 e 2018, o Dr. Rubez passou por seis estágios em Cleveland, EUA, na University Hospitals, visando justamente aprimorar-se em rinoplastia.

Fontes:

Dr. Paolo Rubez

Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica

Dr. Paolo Rubez

Dr. Paolo Rubez

Cirurgião Plástico
CRM/SP: 124.773
RQE: 38.994
Formado pela UNIFESP, o cirurgião plástico Dr. Paolo Rubez coloca em prática toda a sua experiência em cirurgias estéticas, além de colaborar na disseminação da cirurgia de combate a enxaqueca, técnica em que é pioneiro no Brasil

Ao clicar em enviar os dados, você concorda com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE