Fale conosco pelo WhatsApp

Tudo sobre a rinoplastia aberta

Revisado por: Dr. Paolo Rubez CRM/SP: 124773 - 23 de maio de 2019

Tudo sobre a rinoplastia aberta

A rinoplastia é a cirurgia plástica realizada para corrigir a estética nasal. Ela pode ser realizada de diferentes formas, como a rinoplastia aberta ou fechada, além de atender expectativas diversas, como aumentar ou diminuir o nariz, dar projeção à ponta, afinar as asas nasais, entre outras.

A opção pela rinoplastia aberta ou fechada será realizada pelo cirurgião plástico responsável pelo procedimento, visto que a técnica usada impacta na extensão das alterações que podem ser feitas, pós-operatório e resultados.

Para entender melhor como essa decisão é tomada, conheça a seguir o que é a rinoplastia aberta e quais as indicações do método.

O que é rinoplastia aberta?

Inicialmente, é preciso que o paciente compreenda as diferenças entre a rinoplastia aberta e fechada. A primeira é um método pelo qual o cirurgião consegue erguer a pele do osso e cartilagem do nariz e, dessa forma, visualizar melhor as estruturas internas do nariz.

Essa possibilidade se deve a uma incisão maior que é realizada, tanto na parte externa quanto interna do nariz.

Já na rinoplastia fechada, o cirurgião faz apenas incisões internas, de forma que ele não consegue “abrir” o nariz e verificar todas as estruturas nasais. Portanto, nesse procedimento as cicatrizes resultantes são menores, mas as possibilidades do cirurgião também são mais restritas.

Quais os cuidados no pré-cirúrgico da rinoplastia aberta?

Os cuidados no pré-cirúrgico da rinoplastia aberta consistem basicamente nos exames necessários para verificar o estado de saúde do paciente, como exames de sangue, avaliação cardiológica, dosagem de sódio, potássio, ureia e creatinina e coagulograma.

Em alguns casos, o cirurgião plástico o pode solicitar exames de imagem, como a tomografia computadorizada, com o objetivo de avaliar mais detalhadamente as estruturas internas do nariz.

No dia do procedimento é solicitado que o paciente fique de jejum, compareça ao centro médico sem maquiagem ou joias, esteja sem beber ou fumar e tenha interrompido o uso de medicamentos anticoagulantes até 15 dias antes.

A rinoplastia aberta pode ser associada a correção do septo nasal e nesses casos o médico poderá solicitar o raio-x da face e nasofibroscopia.

Quem pode se submeter a uma rinoplastia aberta?

A rinoplastia aberta não tem contraindicações comparadas às demais técnicas de cirurgia plástica no nariz, entretanto, não é recomendado que o procedimento seja realizado por pessoas que estão com alguma doença ativa, mulheres amamentando ou pessoas que façam uso de medicamentos anticoagulantes.

Em geral, a recomendação dos especialistas é que a pessoa espere, ao menos, até os 16 anos para realização de uma rinoplastia, pois, é nessa idade que a estrutura nasal fica completamente formada. Entre os 16 e 18 anos, o menor precisará da autorização dos responsáveis para ser submetido à cirurgia.

Como é realizada a rinoplastia aberta?

O procedimento de rinoplastia aberta tem duração média entre duas e quatro horas, dependendo das mudanças que serão realizadas. A opção pela anestesia depende do profissional, podendo ser a geral, ou local com sedativo.

Para iniciar o procedimento, o médico fará uma incisão na columela, que é o tecido entre as narinas, na base do nariz. Usando um instrumento cirúrgico que possui dois ganchos, o médico fará uma segunda incisão chamada de marginal, que vai desde a columela até a parte interna de cada narina.

Usando uma tesoura cirúrgica, o médico fará a dissecção da pele, permitindo erguer a pele da estrutura da cartilagem até expor totalmente a estrutura do nariz. Essa característica é a principal vantagem da rinoplastia aberta.

Por meio desse descolamento da pele, o cirurgião consegue ter uma visão completa da estrutura nasal e assim fazer as correções estéticas desejadas pelo paciente.

Um dos aspectos negativos da rinoplastia aberta refere-se à cicatriz resultante. No entanto, o profissional preservará para que a incisão seja sempre na linha da base do nariz, de forma que a cicatriz fique bastante discreta após a cicatrização.

Quais os cuidados no pós-operatório?

A rinoplastia aberta consiste em uma técnica mais invasiva que a fechada, fazendo com que o período de recuperação seja maior, mas sem muitas mudanças no pós-operatório.

Apesar de não causar mais dor do que outras técnicas, esse procedimento pode ocasionar edemas maiores e mais duradouros, sendo importante seguir corretamente as recomendações do cirurgião plástico que incluem:

  • Permanecer com as bandagens colocadas após na cirurgia por cerca de 7 dias;
  • Fazer repouso absoluto por sete dias e moderado por 15 dias após a cirurgia;
  • Manter uma alimentação mais pastosa por, pelo menos, 7 dias para evitar que a mastigação afete a cicatrização;
  • Dormir com a cabeça elevada pelo menos por 5 dias;
  • Usar protetor solar e evitar a exposição ao sol;
  • Não usar óculos apoiando no nariz;
  • Retomar as atividades mais pesadas apenas quando o médico autorizar.

Os resultados da rinoplastia aberta podem demorar até um ano, apesar de já ser possível ver os resultados parciais nos primeiros meses após diminuir o inchaço e os hematomas na face.

Os custos da rinoplastia aberta dependem do profissional e de como a cirurgia será realizada, de forma que apenas depois de uma consulta será possível informar o paciente. O procedimento, no entanto, é efetivo na correção da estética nasal, atendendo diferentes tipos de demandas.

Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP)