(11) 3849-1042 (11) 99687-5070 contato@drpaolorubez.com.br
Fale conosco pelo WhatsApp

Tratamentos para Bigode Chinês

Revisado por: Dr. Paolo Rubez CRM/SP: 124773 - 21 de novembro de 2019

Tratamentos para Bigode Chinês

O bigode chinês, como é popularmente conhecido o sulco nasogeniano, é uma linha de expressão que fica entre o nariz e a boca. Apesar de ser um efeito natural da passagem do tempo, muitas pessoas ficam incomodadas com essa marca e buscam no mercado os tratamentos para bigode chinês que possam recuperar a jovialidade da pele.

Com o avanço da medicina estética, os pacientes encontram uma série de tratamentos para bigode chinês, desde os mais básicos até os mais complexos, e que promovem uma mudança significativa na beleza da face. Confira a seguir como tratar o bigode chinês com informações cedidas pelo Dr. Paolo Rubez, cirurgião plástico membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).

Quais são os principais tratamentos para bigode chinês?

Os tratamentos para bigode chinês podem ser realizados por um dermatologista ou cirurgião plástico dependendo da técnica que for mais adequada para o caso. Por isso, para escolher um tratamento que seja realmente efetivo é importante que o paciente consulte um profissional de confiança para obter uma avaliação individualizada.

As técnicas para tratar o bigode chinês podem variar conforme a intensidade dos sulcos nasogenianos, bem como o investimento necessário para os procedimentos. No geral, os principais tratamentos para bigode chinês são:

Peeling químico e/ou físico

O peeling é uma das maneiras de tratar o bigode chinês quando as marcas não estão profundas. Realizado com a utilização de diferentes substâncias, o peeling oferece a redução do processo de intensificação das linhas de expressão.

Por ser um resultado do processo de envelhecimento, é importante ressaltar que nenhum tratamento promoverá a interrupção completa dos sulcos nasolabiais. Contudo, eles podem postergar os efeitos do tempo de uma maneira natural e pouco invasiva.

Cremes anti-idade

Os dermocosméticos voltados para a minimização dos sinais de envelhecimento são recomendados principalmente para os pacientes mais jovens. Isso porque, o uso frequente dos cremes anti-idade ajuda a prevenir as linhas de expressão, fazendo com que a beleza e jovialidade do rosto seja mantida por mais tempo.

Para adquirir um creme que realmente possa preservar a beleza facial é fundamental atentar-se à composição do produto. Portanto, opte pelos dermocosméticos que tenham ácido hialurônico, colágeno ou ácido retinoico na composição para obter melhores resultados no futuro.

Preenchimento com ácido hialurônico

O ácido hialurônico é uma substância encontrada no corpo humano que tem a função de esticar a pele. Entretanto, depois dos 25 anos a produção natural desse ativo é reduzida. Por isso, o preenchimento com ácido hialurônico é um dos tratamentos para bigode chinês com o melhor custo benefício.

Além de não ser rejeitado pelo organismo, o ácido hialurônico preenche o espaço que deu origem ao sulco nasogeniano e atrai água para a região, proporcionando uma maior hidratação no local tratado. Por conta disso, o preenchimento com ácido hialurônico é capaz de melhorar a aparência da cútis por inteiro.

O procedimento é realizado por um cirurgião plástico e demora aproximadamente 30 minutos para ser concluído. O profissional utiliza cânulas e pequenas agulhas para aplicar o ácido hialurônico em formato de gel nos sulcos nasogenianos e, para minimizar possíveis desconfortos, o cirurgião aplica a pomada anestésica na região tratada.

O resultado do preenchimento com ácido hialurônico pode ser usufruído durante um período de 12 a 24 meses dependendo da marca e do tipo de produto utilizado. O paciente deverá reaplicar a substância para manter o efeito por mais tempo.

Radiofrequência e infravermelho

Ambos os tratamentos para bigode chinês promovem uma contração nas fibras elásticas da pele, resultando em um rosto mais firme. A diferença está na necessidade de cada paciente.

A radiofrequência e o infravermelho aumentam a temperatura e a circulação sanguínea no local tratado. Dessa forma, o rosto é estimulado a produzir mais colágeno e a pele fica mais consistente.

Ritidoplastia

A ritidoplastia é um tratamento voltado para os pacientes que possuem linhas de expressão profundas. Trata-se de um método cirúrgico que pode ser adotado em várias regiões do rosto, alguns deles são:

  • Pescoço;
  • Mandíbula;
  • Região malar;
  • Ao redor dos olhos;
  • Queda de supercílios;
  • Rugas da testa e entre as sobrancelhas.

Conhecida também como lifting facial, a ritidoplastia é o tratamento cirúrgico mais indicado para trazer uma aparência jovial à face. No procedimento, o cirurgião plástico reposiciona as estruturas faciais profundas e remove o excesso de pele e de gordura no local.

Como tratar o bigode chinês e prolongar os resultados?

Conforme dito anteriormente, os tratamentos para bigode chinês não impedem o processo natural de envelhecimento. Por outro lado, o paciente pode adotar algumas medidas para prolongar os efeitos do tratamento. São elas:

  • Abandonar o tabagismo;
  • Manter uma alimentação saudável;
  • Evitar o excesso de bebidas alcoólicas;
  • Ingerir no mínimo 2 litros de água por dia;
  • Fortalecer a musculatura da região com exercícios faciais;
  • Evitar exposição excessiva ao sol, sobretudo entre as 10hs e 16hs;
  • Usar protetor de solar com alto fator de proteção mesmo em dias nublados.

Os tratamentos para bigode chinês são ainda mais benéficos quando realizados por um profissional qualificado. Caso queira saber qual tratamento é o mais indicado no seu caso, entre em contato e agende uma consulta.

Fontes

Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD);

Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).