Fale conosco pelo WhatsApp

Quais são os tipos de rinoplastia existentes?

Cirurgião plástico utiliza instrumento para medir tamanho do nariz de uma mulher
10 set, 2020

Existem cinco diferentes tipos de rinoplastia, sendo que todos são responsáveis por aprimorar a aparência e proporção do nariz dos pacientes. Esta cirurgia plástica está entre as mais procuradas no País, uma vez que ajudam a realçar a harmonia facial e melhorar a autoestima dos indivíduos.

Mesmo possuindo finalidades semelhantes, os diversos tipos de rinoplastia são feitos a partir de técnicas diferentes — que podem ser combinadas com outros procedimentos para maior benefício do indivíduo. Os objetivos dos procedimentos também podem variar de acordo com a intenção e as necessidades do paciente. Entenda melhor a seguir os diferentes protocolos cirúrgicos para cirurgia plástica no nariz.

Quais são os tipos de rinoplastia?

Para compreender melhor quais são os tipos de rinoplastia, é importante entender como essas cirurgias são classificadas. A metodologia aplicada varia de acordo com o objetivo do paciente, que pode estar buscando apenas um aperfeiçoamento estético, mas também uma forma de corrigir desconfortos nasais.

Levando em consideração as diferentes condições em que um indivíduo pode recorrer a este procedimento, os principais tipos de cirurgia plástica nasal são:

  • Rinoplastia estética: podendo ser considerada uma das práticas mais populares entre os tipos de rinoplastia, a modalidade estética é realizada exclusivamente para a correção de alguma imperfeição que afeta a autoestima do paciente;
  • Rinoplastia funcional: diferentemente da estética, o intuito da rinoplastia funcional é corrigir alguma condição da estrutura do nariz do paciente que esteja prejudicando sua função respiratória. Uma das cirurgias mais conhecidas que se encaixa nesta modalidade é o desvio de septo;
  • Rinoplastia secundária: também chamada de rinoplastia de revisão ou de correção, a rinoplastia secundária tem o objetivo de corrigir características que não foram alteradas ou que surgiram como consequência de uma primeira rinoplastia;
  • Rinoplastia étnica: embora a cirurgia de nariz vise acompanhar a estrutura facial, respeitando as individualidades de cada paciente, a rinoplastia étnica é o procedimento específico para compreender e manter as particularidades e os traços étnicos do indivíduo;
  • Rinoplastia reconstrutiva: este procedimento é específico para indivíduos que sofreram algum tipo de trauma que gerou lesões e deformações nasais. Nesse tipo de rinoplastia, é bastante comum a necessidade de enxertos cartilaginosos e de pele do próprio paciente.

Ainda que existam particularidades entre cada um dos tipos de rinoplastia, existem dois tipos principais de cirurgia de nariz, que são denominadas rinoplastia fechada (endonasal) e rinoplastia aberta (exorrinoplastia).

Principais técnicas de rinoplastia

Os tipos de rinoplastia conhecidos como rinoplastia fechada (endonasal) e rinoplastia aberta (exorrinoplastia) são denominados através da definição de seu método. Ou seja, cada um apresenta uma técnica diferente para a realização da rinoplastia, que deverá ser escolhida pelo cirurgião plástico após a avaliação do paciente e das queixas apresentadas, oferecendo a melhor prática para atender suas necessidades.

Rinoplastia fechada

Na técnica de rinoplastia fechada, o cirurgião realiza apenas pequenas incisões na estrutura interna do nariz do paciente, que podem variar dependendo da visão requerida pelo cirurgião. Por se tratar de um procedimento mais simples, essa técnica é pouco utilizada, sendo recomendada apenas em situações menos complexas.

Rinoplastia aberta

Configurando-se como o método mais realizado entre os profissionais, na rinoplastia aberta o cirurgião plástico consegue ter uma maior visibilidade da área que será operada, já que são realizadas incisões na columela — estrutura de tecido que separa as narinas —, o que permite que os tecidos moles que cobrem o nariz sejam cuidadosamente levantados para que seja possível remodelar a estrutura do nariz.

Esta técnica ainda pode envolver o uso de outras cirurgias combinadas, como as citadas anteriormente, de acordo com a necessidade e as queixas de cada paciente.

Entretanto, para a melhor escolha do método de cirurgia a ser realizado, apenas o cirurgião plástico pode indicar, dentre os tipos de rinoplastia, o mais indicado para cada paciente, que deve se submeter a uma avaliação previamente. Para saber se precisa de uma cirurgia plástica no nariz e entender de forma mais clara as metodologias cirúrgicas, entre em contado com o Instituto Rubez de cirurgia plástica.

 

Fontes:

Clínica de Cirurgia Plástica – Dr. Paolo Rubez;

Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).

Sobre o autor
Formado na Escola Paulista de Medicina / Unifesp, é especialista em cirurgia plástica e cirurgia da enxaqueca. Além disso, passou por sete estágios em Cleveland, nos EUA, na University Hospitals, para se aprimorar em Rinoplastia.