Fale conosco pelo WhatsApp

Rinoplastia

A rinoplastia é uma cirurgia plástica que visa melhorar a aparência e a proporção do nariz, aprimorando a harmonia facial e contribuindo para a melhoria da autoestima do paciente. Embora seja mais procurado para fins estéticos, este procedimento também pode corrigir alterações estruturais ou defeitos de nascença que causam dificuldade respiratória.

Em geral, pacientes com idade acima de 15 anos que estão insatisfeitos com o formato do seu nariz podem se submeter à rinoplastia. Dependendo do caso, a cirurgia pode ser associada a outros procedimentos nasais para alcançar um melhor resultado estético e funcional, tais como a retirada de carne esponjosa ou correção do desvio de septo.

Os benefícios da rinoplastia incluem a recuperação da autoconfiança, aprimoramento da autoestima e aumento da capacidade respiratória. Todos esses fatores contribuem diretamente para a qualidade de vida do paciente.

A chamada rinoplastia primária corresponde à primeira cirurgia plástica nasal realizada no indivíduo, ou seja: o paciente ainda não foi submetido a nenhuma cirurgia prévia do tipo, tanto estética ou de cunho reparador. Em alguns casos, o paciente operado pode continuar sentindo desconforto em relação à aparência do nariz ou ainda ter dificuldades respiratórias, levando à indicação de uma segunda cirurgia.

A rinoplastia secundária é uma cirurgia com grau de dificuldade maior, uma vez que é realizada em um nariz que já sofreu com as alterações do procedimento anterior — o que inclui cicatrização e alterações de irrigação. Trata-se, portanto, de uma operação que demanda mais atenção e cuidado por parte do cirurgião, que pode ter que lidar com uma limitação da cartilagem disponível.

Em geral, a segunda cirurgia de nariz deve ser realizada após ter passado pelo menos um ano do primeiro procedimento. Este tempo é necessário para garantir que o nariz já se recuperou da operação inicial e apresente seu novo formato mais bem definido. Caso as alterações nasais que precisam ser corrigidas estejam causando um grande impacto emocional e social ao paciente, este período pode ser abreviado.

Assim como todos os procedimentos cirúrgicos, a rinoplastia demanda a realização de exames prévios que incluem avaliação cardiológica, coagulograma, exames de sangue e dosagem de sódio, potássio, ureia e creatinina. Além disso, o cirurgião plástico pode solicitar uma tomografia computadorizada ou outro exame de imagem para avaliar a estrutura nasal.

Outros cuidados pré-operatórios dizem respeito ao ajuste e até mesmo suspensão dos medicamentos tomados regularmente, parar de fumar com bastante antecedência e jejum conforme indicação do médico. Essa preparação cuidadosa visa principalmente evitar as possíveis complicações associadas ao procedimento, que são o sangramento excessivo, dificuldades respiratórias, infecções e resultado estético insatisfatório.

Após a realização da rinoplastia, é esperado que o paciente apresente inchaço nasal e na região facial próxima do nariz. A área também pode ficar sensível e com hematomas, e o paciente também pode apresentar eventual dificuldade para respirar pelo nariz. Apesar disso, o pós-operatório é considerado tranquilo e de pouca dor — embora isso possa variar de acordo com a tolerância de cada paciente.

É recomendado que o paciente fique afastado de suas atividades nos primeiros dias após a cirurgia plástica de nariz, retornando ao trabalho após 10 dias. Atividades mais intensas, entretanto, devem esperar pelo menos 4 semanas — tempo em que também é necessário evitar a exposição solar e ações que podem causar algum tipo de impacto ao nariz.

É necessário seguir à risca todas as recomendações do cirurgião no que diz respeito ao pós-operatório da rinoplastia, de modo a garantir uma recuperação rápida e dentro do esperado. Aproveite as consultas pré-operatórias para tirar todas as suas dúvidas a respeito desse processo de recuperação, permitindo-se avaliar se você está disposto a assumir esses cuidados em prol dos benefícios que podem ser alcançados.

A cirurgia plástica em si é bastante rápida, levando cerca de 2 horas no total (com alta no mesmo dia ou, no máximo, no dia seguinte à cirurgia). Porém, os resultados do procedimento demoram um pouco mais para aparecer: em 30 dias já é possível observar o resultado de maneira parcial, mas a aparência final só é atingida após pelo menos um ano de rinoplastia. Este longo período é necessário para que todo o inchaço desapareça por completo e para que o nariz cicatrize por completo.

A rinoplastia deixa cicatrizes praticamente imperceptíveis, uma vez que as incisões são muito pequenas e realizadas em locais de pouca exposição. O uso de cremes, bem como a realização de tratamentos específicos indicados pelo cirurgião, pode favorecer a cicatrização adequada e corrigir possíveis problemas no processo.

Para saber mais sobre a rinoplastia, entender quais os resultados podem ser obtidos por meio desta cirurgia plástica e descobrir se o procedimento é indicado para você, entre em contato e agende uma consulta com o Dr. Paolo Rubez.

Fontes:

Clínica de Cirurgia Plástica Dr. Paolo Rubez;

Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica;

Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica – Regional São Paulo.