(11) 5093-3921 (11) 96445-1045 contato@drpaolorubez.com.br
Fale conosco pelo WhatsApp

Otoplastia: tudo o que você precisa saber sobre cirurgia plástica na orelha

Revisado por: Dr. Paolo Rubez CRM/SP: 124773 - 8 de março de 2019

Otoplastia: tudo o que você precisa saber sobre cirurgia plástica na orelha

A otoplastia, ou seja, a cirurgia plástica na orelha, refere-se ao procedimento cirúrgico para corrigir as orelhas proeminentes, popularmente conhecidas como “orelhas de abano”.

Ao longo deste texto você poderá tirar suas principais dúvidas sobre cirurgia plástica na orelha e, dessa maneira, sentir-se mais confiante para decidir se esse é o procedimento indicado para você ou seu filho.

O que trata a cirurgia plástica na orelha?

Nos casos de “orelhas de abano”, a cirurgia plástica na orelha corrige um problema estrutural existente desde o nascimento e que, durante o desenvolvimento da criança, se torna cada vez mais aparente. Com a otoplastia, é possível melhorar consideravelmente o equilíbrio entre o rosto e as orelhas, dando um aspecto mais natural e proporcional ao paciente.

Outra reclamação muito comum e que pode ser tratada com cirurgia plástica na orelha é a macrotia — orelhas muito grandes. Além dessas duas deformidades, a otoplastia também pode ser indicada em caso de sequelas de traumas e doenças congênitas.

A partir de que idade a cirurgia plástica na orelha é recomendada?

A idade mínima indicada para realizar a cirurgia plástica na orelha é 7 anos de idade, que é quando a cartilagem da orelha já está desenvolvida o suficiente para ser feita a correção cirúrgica. Nesta faixa etária, em geral, também é quando a criança inicia sua vida escolar e começa a se queixar aos pais por sofrerem bullying.

Ao optar pela otoplastia, é necessário fazer exames na criança que garantam que ela esteja saudável para o procedimento.

Quais os cuidados necessários antes da cirurgia plástica na orelha?

Tanto para crianças como para adultos que desejam fazer cirurgia plástica na orelha, o pré-operatório é fundamental para o sucesso do procedimento e muito importante para garantir que nada dê errado durante e após a operação.

Para um pré-operatório seguro, pode ser necessário:

  • Realizar exames gerais prescritos pelo cirurgião e passar por uma avaliação médica;
  • Caso o cirurgião plástico indique a necessidade, tomar os medicamentos receitados ou ajustar seus medicamentos atuais;
  • No caso de pacientes adultos fumantes, é necessário parar de fumar no mínimo 30 dias antes;
  • Não tomar aspirina, anti-inflamatórios e algumas vitaminas, pois podem aumentar o sangramento.

Como é feita cirurgia plástica na orelha?

A otoplastia é realizada em centro cirúrgico indicado e de confiança do cirurgião plástico. No dia do procedimento, o paciente deve estar acompanhado, ter seguido todas as orientações pré-operatórias para a cirurgia e estar em jejum por, no mínimo, 8 horas.

A cirurgia plástica na orelha é feita com anestesia local e sedação intravenosa, ou anestesia geral. Em seguida o cirurgião plástico fará uso de técnicas cirúrgicas para remodelar e reposicionar a cartilagem da orelha. Eventualmente pode ser necessária a retirada de algum excesso de cartilagem. As incisões cirurgia plástica na orelha são feitos atrás da mesma e não ficam visíveis. O paciente pode ter alta no mesmo dia da cirurgia.

Quais resultados esperar de uma otoplastia?

Pacientes que se submetem à cirurgia plástica na orelha podem visualizar os resultados quase que imediatamente. Assim que os curativos são removidos, o que acontece de 24 a 48 horas após a operação, já é possível ver como as orelhas estão posicionadas mais próximas à cabeça e, com isso, tornam todo o rosto mais equilibrado e proporcional.

No caso de cirurgia plástica na orelha para correção de “orelhas de abano”, após a retirada do curativo cirúrgico, o paciente deve manter uma faixa de tecido compressiva durante todo o dia e noite pelo período de 30 dias. A faixa utilizada para a cirurgia plástica na orelha só deve ser retirada para o banho, conforme recomendação do médico.

A cirurgia plástica na orelha pode causar dores leves no local, inchaço e roxidão. O ideal é um período de repouso de, no mínimo, 7 dias para retomar as atividades de rotina.