Fale conosco pelo WhatsApp

Cuidados Antes e Depois da Harmonização Facial

Rosto feminino antes e depois da harmonização facial
06 jan, 2021

Entender a harmonização facial antes e depois é importante para decisão acertada sobre o procedimento, além de garantir o alinhamento entre expectativas e possibilidades da técnica.

A harmonização facial antes e depois é um dos temas mais badalados entre famosos, afinal, muitos deles têm recorrido ao procedimento estético e compartilhado os resultados com os seguidores nas redes sociais já nas primeiras horas.

Como é comum que no dia do procedimento a face fique vermelha e inchada, muitas pessoas têm questionado se o antes e depois da harmonização facial realmente vale a pena. Entenda melhor a seguir, incluindo os cuidados que são importantes nesse tratamento.

O que é a harmonização facial?

Um dos principais benefícios da harmonização facial é que consiste em um tratamento totalmente personalizado às necessidades do paciente, sendo que as técnicas usadas podem variar de acordo com o caso, as expectativas e as indicações do cirurgião plástico.

O objetivo da harmonização facial é promover alterações sutis — como no nariz, lábios, contorno facial, linhas de expressão, sulcos e rugas —, tornando a face mais harmônica e rejuvenescida.

Para entregar tais resultados, diferentes técnicas podem ser associadas, sendo que o conjunto selecionado é sempre particular as necessidades do paciente. Entre os procedimentos incluem-se:

  • Aplicação de toxina botulínica para reduzir a expressividade das rugas dinâmicas, como os pés de galinha;
  • Preenchimento facial com ácido hialurônico para amenização de sulcos faciais, como o bigode chinês, e melhora do contorno facial;
  • Bioestimuladores de colágeno, que são substâncias subcutâneas que promovem o estímulo à produção de colágeno e garantem uma pele mais firme;
  • Fios de sustentação, que tem como objetivo entregar um efeito lifting ao amenizar a flacidez dos tecidos e garantir o levantamento das estruturas faciais, somado ao aumento da produção de colágeno.

Os procedimentos usados na harmonização facial são minimamente invasivos, o que garante mais rapidez no tratamento e nos resultados a serem alcançados.

Harmonização facial antes e depois: cuidados e resultados

A maior parte dos procedimentos da harmonização facial inclui o uso de produtos de aplicação subcutânea com agulha. A técnica é realizada no consultório do cirurgião plástico e o paciente pode voltar para casa no mesmo dia.

Antes da harmonização facial

Para entender a harmonização facial antes e depois é preciso saber que o primeiro passo é a realização de uma consulta de avaliação com o cirurgião plástico. Nesse momento, o especialista vai avaliar as assimetrias faciais, as insatisfações do paciente e as expectativas com a técnica.

Um profissional qualificado é essencial nesse momento, pois uma insatisfação com o nariz, por exemplo, pode ser decorrente de uma leve assimetria no queixo ou perda de volume nas maçãs do rosto.

Dessa forma, são avaliadas não apenas as insatisfações do paciente, mas também as causas do desconforto, garantindo um tratamento que entregue resultados mais satisfatórios e alinhados às expectativas do paciente.

Não existem muitas recomendações para antes da harmonização facial, mas indica-se que o paciente avise ao especialista em relação a doenças prévias (diabetes, hipertensão, autoimunes e outras), não tome muito sol no rosto nos dias anteriores e use protetor solar.

Depois da harmonização da face

O depois da harmonização facial não é restritivo como uma cirurgia plástica e o paciente pode retomar suas atividades no mesmo dia, desde que não precise fazer um intenso esforço físico.

Outra consideração importante é ter consciência de que nos primeiros dias desconfortos como inchaço facial e vermelhidão serão comuns. Alguns cuidados após a harmonização facial incluem:

  • Evitar tomar sol nos dias seguintes e sempre usar o protetor solar recomendado;
  • Não realizar massagens faciais ou fazer movimentos bruscos na face;
  • Evitar o uso de maquiagens ou dermocosméticos nos dias posteriores;
  • Evitar atividades físicas intensas no dia de tratamento.

Além desses cuidados imediatos, a manutenção de bons hábitos de vida, como praticar exercícios físicos, não fumar, não consumir bebidas alcoólicas em excesso e ter uma alimentação balanceada contribuem para maior durabilidade dos resultados.

Outro aspecto favorável é manter uma rotina de skincare adequada ao seu tipo de pele que inclua limpeza, uso de antioxidantes, hidratantes e protetor solar.

A harmonização facial antes e depois apresenta resultados estéticos bastante satisfatórios como amenização dos sinais da idade, melhor contorno facial, volume labial e correção de pequenas assimetrias e insatisfações.

Quer saber mais sobre o antes e depois da harmonização facial? Entre em contato com o Instituto Rubez de Cirurgia Plástica e marque uma consulta!

Fontes:

Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD);

Dr. Paolo Rubez

 

Sobre o autor
Formado na Escola Paulista de Medicina / Unifesp, é especialista em cirurgia plástica e cirurgia da enxaqueca. Além disso, passou por sete estágios em Cleveland, nos EUA, na University Hospitals, para se aprimorar em Rinoplastia.