(11) 5093-3921 (11) 96445-1045 contato@drpaolorubez.com.br
Fale conosco pelo WhatsApp

Cirurgia para aumentar o queixo: como é feita a mentoplastia de aumento?

Revisado por: Dr. Paolo Rubez CRM/SP: 124773 - 9 de maio de 2019

Cirurgia para aumentar o queixo: como é feita a mentoplastia de aumento?

A mentoplastia é o procedimento realizado com o objetivo de alterar a estética do mento, que envolve a mandíbula, pescoço e o terço inferior da face. Dessa forma, o paciente pode optar pela cirurgia para aumentar o queixo ou diminui-lo.

A cirurgia para aumentar o queixo é a mais indicada para casos nos quais o paciente sofre de microgenia, que é quando a região do mento é deficiente, ou seja, menor do que o necessário para proporcionar a harmonia facial.

O queixo e o nariz são duas estruturas faciais essenciais para fornecer uma estética agradável à face. Sendo assim, um nariz pode ser considerado grande porque o mento não acompanha o tamanho adequado. Portanto, as estruturas faciais devem ser analisadas individual e conjuntamente antes de uma cirurgia estética.

A seguir conheça como é realizada a cirurgia para aumentar o queixo e quais são os cuidados pré e pós-operatórios do procedimento.

O que é a mentoplastia de aumento?

Inicialmente, é preciso entender o que é a mentoplastia de aumento. Ela consiste em um procedimento cirúrgico que visa aumentar o tamanho do mento, deixando-o maior ou mais projetado para frente com o objetivo de alcançar mais harmonia na face.

A cirurgia para aumentar o queixo proporciona esse resultado por meio do uso de implante ou reposicionamento do osso, podendo também ser usada uma técnica conjunta.

Quais os cuidados pré-cirúrgicos da mentoplastia de aumento?

Existem diversos cuidados que devem ser tomados no pré-operatório da mentoplastia de aumento. Inicialmente é necessário ter uma conversa honesta com o cirurgião plástico, explicando a insatisfação com a aparência e buscando compreender os procedimentos que serão necessários.

O médico vai solicitar alguns exames que devem ser realizados, no máximo, três meses antes da cirurgia, como exame de sangue, cardiológico, dosagem de sódio, potássio, ureia e creatinina e coagulograma. É essencial informar ao médico alguma doença que tenha ou infecção que esteja ativa.

O paciente deverá interromper o uso de medicamentos com ácido acetilsalicílico (AAS) 15 dias antes da cirurgia para aumentar o queixo, enquanto o tabaco deverá ser cortado entre 15 e 30 dias antes do procedimento, aumentando a segurança e cicatrização posterior.

No pré-cirúrgico o paciente deve evitar a ingestão de álcool e comidas gordurosas, além de comparecer no dia do exame em jejum de 10 horas. Para ir ao hospital não use produtos estéticos, cremes ou joias.

Seguindo todas as recomendações da equipe médica, o paciente garante um procedimento mais seguro e um pós-operatório mais tranquilo.

Como é realizada a cirurgia para aumentar o queixo?

O tipo de anestesia que será usado depende de um diálogo prévio entre cirurgião e paciente. Em geral, utiliza-se a anestesia local com sedação nos casos nos quais será realizada apenas a mentoplastia. Quando o procedimento é associado com outra técnica pode-se optar pela anestesia geral.

Antes da anestesia, entretanto, o médico realizará a marcação da área do queixo a ser aumentada e fará a antissepsia do local e, em seguida, o anestesista responsável ministrará a substância para que o paciente fique desacordado durante o procedimento.

O local da incisão da cirurgia para aumentar o queixo pode variar de acordo com a técnica usada. Em geral, o cirurgião plástico opta pela dentro da boca, chamada de intraoral, no sulco gengivolabial inferior. Outra opção é a incisão embaixo do queixo, chamada de submentoniana.

Em seguida realiza-se o descolamento da área frontal do osso da mandíbula. O cirurgião quebra o osso do queixo para reposicioná-lo com auxílio de pinos de retenção, de forma a obter um resultado mais natural e usando a própria estrutura maxilar do paciente.

É possível também optar pela fixação de um implante que pode ser de diferentes substâncias, sendo eles:

  • Gordura;
  • Silicone sólido;
  • Polietileno poroso.

Essa definição é realizada previamente de acordo com a avaliação do quadro. Com a nova estrutura posicionada corretamente à frente e fixada, é realizado o fechamento da incisão operatória e usado curativo de micropore para melhorar a cicatrização. O paciente é então encaminhado para o repouso para aguardar passar o efeito anestésico.

A técnica pode ser combinada com outros procedimentos?

A mentoplastia pode ser associada a outros procedimentos desde que seja avaliada a posição para realização da técnica e de repouso posteriormente. Além disso, o cirurgião avaliará a perda de sangue e tempo de duração das técnicas para que não seja superior a sete horas.

Uma associação bastante comum é a cirurgia para aumento do queixo com a rinoplastia, pois, esses dois elementos são centrais na estética facial. No entanto, o procedimento também pode ser realizado em conjunto com a blefaroplastia, lifting facial, otoplastia, mamoplastia e lipoaspiração da papada.

Quais os cuidados após a cirurgia?

Os cuidados pós-operatórios da cirurgia para aumentar o queixo são fundamentais para uma cicatrização correta e um melhor resultado final. Assim, o paciente deve manter-se de repouso por duas semanas e retomar atividades mais pesadas apenas com autorização do médico.

A alimentação é um aspecto central na recuperação da mentoplastia, sendo que o paciente deve optar por alimentos líquidos ou pastosos por três meses após a cirurgia, conforme recomendação médica.

Para aliviar o inchaço, hematomas e as dores deve fazer compressas frias várias vezes ao dia, não se expor ao sol e evitar atividades físicas. A realização de sessões de drenagem linfática e fisioterapia para melhorar a mastigação também são práticas recomendadas.

Com os cuidados corretos, os resultados da mentoplastia podem ser observados entre seis e 12 meses depois do procedimento, mas os resultados parciais podem ser vistos assim que o inchaço diminuir.

Dessa forma, a cirurgia para aumentar o queixo é uma opção para pacientes insatisfeitos com a estética facial devido à retração do mento. O procedimento deve ser feito por um cirurgião plástico membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) garantindo mais segurança e confiança.

Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica