Tel: (11) 5093-3921 / (11) 96445-1045
Facebook do Dr. Paolo Linkedin do Dr. Paolo Instagram do Dr. Paolo Twitter do Dr. Paolo Canal do Youtube do Dr. Paolo

Quais procedimentos podem ser realizados juntos da lipoaspiração?

Quais procedimentos podem ser realizados juntos da lipoaspiração?

É bastante comum que ao procurar um cirurgião plástico com o objetivo de fazer uma lipoaspiração a paciente também tenha interesse em realizar outros procedimentos associados. A pergunta que fica é quais deles podem ser realizados juntos.

Apesar de parecer uma questão simples, a associação de cirurgias plásticas deve considerar fatores relevantes, como o tempo de cirurgia, pós-operatório e saúde da paciente.

Os benefícios relacionados com a prática são vários, como:

  • a paciente submete-se apenas a um pré e pós-operatório;
  • custos reduzidos devido ao aproveitamento de equipamentos e recursos, como anestesia e hospital;
  • algumas despesas podem ser cobertas pelo plano de saúde, como o período de internação;
  • cuidados na recuperação são semelhantes, como dieta especial e repouso.

Apesar dos diversos benefícios de realizar uma cirurgia plástica associada, apenas o cirurgião plástico poderá confirmar a viabilidade de juntar procedimentos. Antes desta definição serão solicitados exames laboratoriais e clínicos que comprovem que a paciente está em um bom estado de saúde.

Existem diversos procedimentos que podem ser associados com a lipoaspiração. O médico responsável vai avaliar principalmente:

  • tempo médio de anestesia não pode ultrapassar entre 5 e 7 horas, visto que cada procedimento possui um tempo estimado de execução;
  • perda de sangue causada por cada técnica, de forma que associá-las não ofereça risco a paciente;
  • doenças prévias e crônicas identificadas no histórico da paciente;
  • a recuperação e repouso não podem ser incompatíveis, por exemplo, considerando a posição para dormir etc.

Avaliando essas características, alguns procedimentos podem ser associados sem colocar em risco a saúde e recuperação da paciente, obtendo um resultado final mais satisfatório.

Lipoaspiração associada à mamoplastia

Um dos procedimentos normalmente associados com a lipoaspiração é a mamoplastia, que pode ser tanto de aumento quanto de redução, de acordo com o objetivo da paciente.

As técnicas têm um período de execução que juntas não excedem às 7 horas de anestesia. Além de que o pós-cirúrgico é compatível, não fazendo com que a recuperação de um interfira no outro.

A associação de cirurgias, entretanto, pode tornar a recuperação mais dolorida e desconfortável, sendo que essa possibilidade deve ser considerada pela paciente. Normalmente, o uso de analgésicos e anti-inflamatórios prescritos pelo médico evita a intensificação das dores.

Lipoaspiração associada à abdominoplastia

Uma vez que a lipoaspiração é um procedimento que visa retirar o excesso de gordura localizada, o procedimento não deve ser realizado com o objetivo de reduzir o peso, por exemplo.

Entretanto, o procedimento se complementa com a abdominoplastia pois tratam juntos o excesso e flacidez de pele e a gordura localizada, permitindo melhor delineamento do corpo da paciente.

Para a recuperação da cirurgia associada de lipoaspiração e abdominoplastia indica-se o uso de malha elástica, repouso, afastamento de atividades pesadas e sessões de drenagem linfática, quando liberadas pelo médico responsável.

Lipoaspiração associada à blefaroplastia

A cirurgia de blefaroplastia é indicada para a correção de imperfeições nas pálpebras. Devido ao tempo de execução do procedimento, ele é possível de ser associado com a lipoaspiração. Apesar de serem em áreas distintas, muitas vezes uma insatisfação prévia da paciente pode ser atendida.

A recuperação dos procedimentos também é compatível, fazendo com que o pós-operatório não apresente outras restrições ou problemas.

A associação da lipoaspiração com outros procedimentos estéticos é possível, mas cada caso deve ser avaliado individualmente pelo cirurgião plástico responsável de forma a garantir a segurança da paciente durante a cirurgia e também no pós-operatório.