Procedimentos mais comuns feitos por um cirurgião plástico

Procedimentos mais comuns feitos por um cirurgião plástico

Um cirurgião plástico é um profissional que se formou em Medicina e posteriormente realizou a residência na área de cirurgia geral e depois em cirurgia plástica. Após essa formação, ele está apto para realizar uma série de procedimentos estéticos com mais eficiência e proporcionando melhores resultados e mais segurança para o paciente.

Para escolher um cirurgião plástico de confiança é essencial verificar se ele é membro do Conselho Federal de Medicina (CFM) e também da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) assegurando além da formação, também a especialização do médico.

Quais procedimentos podem ser realizados pelo cirurgião plástico?

Após verificar se o profissional está devidamente registrado, ele está apto a realizar diversos procedimentos, entre eles os mais procurados do Brasil. Listamos abaixo nove dos mais comuns:

Rinoplastia

A rinoplastia é a cirurgia plástica do nariz e pode ser realizada com diferentes objetivos estéticos, como aumentar, reduzir, alterar o formato, diminuir as asas, melhorar a aparência da columela, entre outros. Além de melhorar a estética nasal, a técnica também pode ser associada com a correção do desvio de septo, promovendo melhorias funcionais para o paciente.

Mamoplastia

Entre os procedimentos mais comuns no Brasil está a mamoplastia, que pode ser realizada com diferentes fins, como de aumento, redução ou elevação, como é o caso da mastopexia. Essas cirurgias podem ser realizadas em mulheres a partir dos 15 anos, desde que com aprovação dos responsáveis legais. Além da estética, a mamoplastia redutora, por exemplo, tem uma grande importância para amenizar problemas na coluna causados pelo peso de seios desproporcionalmente grandes.

Lipoaspiração

A lipoaspiração também está entre os procedimentos mais realizados pelo cirurgião plástico e pode ser realizada em diferentes partes do corpo para retirada do excesso de tecido adiposo e melhora do contorno corporal. Entre os locais mais comuns em que ela é realizada está o abdome, glúteos, coxas, flancos, culotes, joelhos, braços e outros.

Abdominoplastia

A abdominoplastia é a técnica que tem como objetivo retirar o excesso de gordura ou pele que fica localizada na região abaixo do umbigo. O procedimento pode ser motivado por muitas gestações ou mesmo pela perda de peso que resultou em flacidez e excesso de pele nessa região.

Ritidoplastia

A ritidoplastia, chamada também de lifting facial, é uma cirurgia plástica realizada com o objetivo de reverter o envelhecimento da face. Assim, ela pode ser realizada para amenizar sinais avançados da idade, como rugas, sulcos faciais e flacidez. Pode englobar tanto o rosto inteiro como também uma área específica que gere mais incomodo para o paciente.

Otoplastia

A cirurgia plástica para correção da orelha é muito realizada com o objetivo de reverter as chamadas orelhas de abano. A técnica pode ser realizada a partir dos sete anos, que é a idade na qual a formação da orelha já está completa. Um dos benefícios da otoplastia é evitar que crianças sofram bullying ou outras formas de constrangimentos devido à aparência da orelha.

Mentoplastia

A mentoplastia é a cirurgia realizada na região do mento, visando corrigir insatisfações estéticas no queixo, seja em casos de proeminência, deficiência ou desproporção entre as partes. Devido ao posicionamento do queixo, ele é de grande impacto para uma face harmoniosa e pode promover mais autoestima e satisfação para o paciente.

Blefaroplastia

A blefaroplastia é a cirurgia plástica para correção das pálpebras, sendo um procedimento muito realizado principalmente entre homens e mulheres com idade avançada e nos quais essa região apresenta flacidez e excesso de pele. Em alguns casos, a pálpebra caída também pode provocar vergonha, dificuldades de visão e fobia social. A correção desse aspecto, portanto, está relacionada à saúde física e emocional de pacientes.

Cirurgia de enxaqueca

A cirurgia de enxaqueca é realizada em pacientes diagnosticados com essa condição e tem como objetivo descomprimir e liberar os ramos dos nervos trigêmeo e occipital que, ao serem tensionados por estruturas adjacentes, promovem as crises de enxaqueca.

Existem seis diferentes cirurgias devido às diferentes áreas nas quais as dores de enxaqueca podem originar.

O cirurgião plástico é o profissional mais preparado para a realização de qualquer um destes procedimentos. Caso deseje realizar uma cirurgia plástica, procure um especialista de sua confiança e devidamente recomendado.