Tel: (11) 5093-3921 / (11) 96445-1045
Facebook do Dr. Paolo Linkedin do Dr. Paolo Instagram do Dr. Paolo Twitter do Dr. Paolo Canal do Youtube do Dr. Paolo

O que é rinosseptoplastia?

O que é rinosseptoplastia?

A busca por cirurgias realizadas no nariz tem aumentado devido às diversas demandas atendidas por elas. É possível ter como foco a cirurgia estética, chamada de rinoplastia, mas em casos de englobar também a correção do desvio de septo o procedimento é chamado de cirurgia de rinosseptoplastia.

Diferentemente da rinoplastia que permite resolver apenas imperfeições estéticas, a rinosseptoplastia é mais ampla, não sendo possível substituir um procedimento pelo outro.

A rinosseptoplastia consiste na cirurgia que tem como objetivo realizar a correção do desvio de septo e também corrigir imperfeições estéticas que incomodem o paciente. Dessa forma, ela é mais completa que a cirurgia de rinoplastia, entretanto, ela é indicada apenas para casos específicos.

O procedimento deve ser realizado apenas em pacientes que tenham uma ou ambas as narinas obstruídas devido ao desvio de septo, sendo ele mais acentuado. É comum que haja algum nível de desvio, mas a disfunção nasal nem sempre prejudica a respiração.

Quando o paciente relata dificuldade de respirar e, por exames, comprova-se que a ocorrência está relacionada com o desvio de septo, a cirurgia de rinosseptoplastia pode ser indicada. O paciente pode optar por fazer apenas a correção da disfunção nasal, entretanto, quando há alguma característica indesejada no nariz, é possível aproveitar a cirurgia para atender a ambas as demandas.

Dessa forma, a rinosseptoplastia permite que o paciente melhore a qualidade de vida devido a uma melhora na respiração e também fique mais satisfeito com a parte estética do nariz.

Como é realizada a rinosseptoplastia?

A rinosseptoplastia aproxima-se da rinoplastia no que se refere às técnicas empregadas para a execução do procedimento. O cirurgião plástico ou otorrinolaringologista responsável pelo caso pode optar por uma das duas técnicas:

  • aberta: quando realiza-se uma incisão na parte externa com o descolamento do nariz, o que permite que o profissional tenha mais visão da região operada e possa fazer mudanças mais satisfatórias na estrutura do nariz;
  • fechada: nesse tipo de cirurgia as incisões são realizadas apenas por dentro do nariz, sendo que não se forma nenhuma cicatriz externa, beneficiando pessoas que tem problemas de cicatrização. Entretanto, devido à visão reduzida da área operada, é indicada apenas quando as alterações estéticas são mais simples de serem feitas.

Em ambas as técnicas empregadas, a cirurgia tem início com a correção do desvio de septo, sendo, em muitos casos, que a cartilagem retirada ao corrigir a disfunção seja usada para remodelar o nariz, atendendo aos anseios estéticos do paciente.

Existe pré e pós-operatório?

Assim como outros procedimentos cirúrgicos, a cirurgia de rinosseptoplastia exige um acompanhamento médico detalhado para garantir a segurança na execução da cirurgia. O pré e o pós-operatório são essenciais para garantir bons resultados.

Pré-operatório

Nessa etapa o médico deve esclarecer todas as dúvidas do paciente sobre o procedimento, além de solicitar os exames médicos necessários, como tomografia, exames de sangue e teste de coagulação, eletrocardiograma e outros.

Após a análise, o profissional vai determinar qual a melhor técnica cirúrgica que deve ser empregada e definir quais mudanças serão feitas.

Pós-operatório

Após a cirurgia é pouco comum o relato de dores no nariz, mas que se existirem podem ser revertidas com analgésicos prescritos pelo médico. A sensação de nariz entupido pode ser amenizada com uma higiene nasal constante, sendo comum melhorar a partir da segunda semana após o procedimento quando o inchaço interno diminui.

O inchaço externo é mais persistente e fica mais ameno entre um e dois meses após o procedimento. Os resultados mais definitivos da rinosseptoplastia podem ser observados entre seis meses e um ano após a cirurgia que é quando o inchaço desaparece.

O cirurgião plástico pode indicar o uso de uma fita adesiva como curativo, que auxilia a conter o inchaço e a modelar o nariz. A alta médica para retorno às atividades dependerá da recuperação do paciente, sendo importante seguir as indicações do profissional responsável.