Tel: (11) 5093-3921 / (11) 96445-1045
Facebook do Dr. Paolo Linkedin do Dr. Paolo Instagram do Dr. Paolo Twitter do Dr. Paolo Canal do Youtube do Dr. Paolo

O que é desvio septo caudal?

O que é desvio septo caudal?

Apesar de pouco conhecido, o desvio septo caudal é uma ocorrência clínica que pode causar obstruções graves na capacidade respiratória do paciente, além de impactar na estética do nariz, sendo por essa razão passível de cirurgia funcional e estética.

Pesquisas indicam uma baixa incidência desta imperfeição, sendo que estudos conduzidos por Guyuron et al. indicaram uma ocorrência de 5% de desvio caudal em pacientes que sofriam de desvio de septo.

Já um levantamento realizado por Sedwick et al. indicou que este tipo de desvio esteve presente em 8% de 2.043 casos analisados. Apesar da baixa incidência comprovada cientificamente, o problema não deve ser diminuído por especialistas e pelos pacientes que sofrem com a condição.

Como identificar o desvio do septo caudal?

O desvio do septo caudal é diagnosticado quando sua porção desviada está localizada na área mais anterior, próxima à abertura das narinas. Ocorrências desse tipo também causam uma obstrução nasal, prejudicando a capacidade respiratória do paciente.

Há ainda alterações estéticas decorrentes da condição. Além dos graves prejuízos funcionais, pacientes afetados pelo desvio do septo anterior também apresentam deformidades estéticas evidentes no nariz. As principais são a assimetria das narinas e desvios da ponta nasal.

Devido às problemáticas funcionais e estéticas relacionadas com a ocorrência deste tipo de desvio de septo, especialistas têm se debruçado sobre a questão em busca de tratamentos que sejam adequados, entretanto, a correção do desvio septo caudal está entre os procedimentos mais complexos da área cirúrgica do nariz.

Os desafios adicionais dos procedimentos que visam reverter esta condição devem-se à localização do desvio, que está numa área de importante sustentação do nariz, e de muita evidência.

Quais os tratamentos para o desvio septo caudal?

Pacientes diagnosticados com o desvio do septo anterior devem procurar tratamento com um cirurgião plástico especialista em procedimentos no nariz ou recorrer a um otorrinolaringologista.

Ambos os profissionais são os mais qualificados devido a um profundo conhecimento sobre a anatomia nasal, o que possibilita uma intervenção cirúrgica mais segura e com mais chances de sucesso.

Diferentemente de outras correções funcionais no nariz que têm técnicas consolidadas devido ao sucesso do procedimento, as proposições de metodologias para correção deste tipo de desvio ainda não são universais.

As primeiras tentativas foram realizadas pelo especialista Metzembaum, que em 1929 apresentou uma nova técnica de septoplastia caudal conhecida como “swinging door”.

Outros profissionais desenvolveram outras metodologias ao longo do tempo, de forma que atualmente os cirurgiões que realizam o procedimento podem optar por técnicas diferentes de acordo com o caso. Assim, alguns profissionais optam por retirar partes posteriores da cartilagem, não alterando a parte anterior mais afetada, mas enfraquecendo essa estrutura.

Por sua vez, também existem profissionais que preferem realizar uma técnica mais invasiva, e que promove a retirada da cartilagem da parte anterior do septo e sua substituição, obtendo melhores resultados de desobstrução nasal e também melhorando a estética da ponta do nariz.

Caso tenha uma diagnóstico positivo para desvio septo caudal consulte um especialista em cirurgia plástica e avalie junto com seu médico as técnicas disponíveis para reversão dessa importante disfunção nasal.