Tel: (11) 5093-3921 / (11) 96445-1045
Facebook do Dr. Paolo Linkedin do Dr. Paolo Instagram do Dr. Paolo Twitter do Dr. Paolo Canal do Youtube do Dr. Paolo

O procedimento de lipoaspiração deixa cicatriz?

O procedimento de lipoaspiração deixa cicatriz?

A lipoaspiração é um dos procedimentos estéticos mais procurados por homens e mulheres que desejam deixar o corpo mais escultural. Um dos maiores receios dos pacientes que pretendem submeter-se à cirurgia plástica refere-se às cicatrizes resultantes do procedimento.

Inicialmente é preciso afirmar que o procedimento de lipoaspiração deixa cicatrizes sim, entretanto, elas são muito pequenas, em torno de 1 cm. Além de extremamente pequenas, as cicatrizes resultantes do procedimento são bastante discretas, normalmente, sob a marca do biquíni, no sulco mamário, nas axilas, no umbigo, entre outras áreas nas quais ficam quase imperceptíveis.

A cicatriz refere-se à incisão feita para introdução das cânulas que aspiram a gordura, não sendo necessário no caso da lipoaspiração incisões grandes ou que permitam que o cirurgião plástico tenha uma visão ampla.

Como é a cicatriz da lipoaspiração?

Uma vez que a lipoaspiração pode ser realizada em diversas partes do corpo, o local da cicatriz pode variar bastante de acordo com a região onde está a gordura localizada que o paciente deseja extrair.

Já que a lipoaspiração de fato deixa cicatriz, é importante que o paciente saiba quais escolhas podem interferir na aparência dessa cicatriz. Alguns cuidados do pós-operatório são importantes para que haja uma boa cicatrização.

Saiba quais fatores permitem um melhor resultado da lipoaspiração.

Cirurgião plástico responsável

Inicialmente, a escolha do cirurgião plástico que será responsável pela lipoaspiração determinará a qualidade e segurança do procedimento, influenciando o resultado final obtido e as cicatrizes.

Um bom profissional vai se certificar do quadro clínico da paciente antes de submetê-la ao procedimento, solicitando os exames necessários para identificar riscos durante a cirurgia e no pós-operatório.

Pacientes com histórico de diabetes e tabagismo, por exemplo, podem ter problemas com a cicatrização, sendo que o cirurgião plástico deve conhecer esses fatores e realizar as indicações necessárias ao paciente.

Portanto, escolher um médico de confiança e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) é o primeiro passo para uma cirurgia mais segura e recuperação adequada, o que permite melhorar a cicatrização.

Região na qual será feita a lipoaspiração

Outro aspecto que determinará a cicatriz é a região na qual será realizada a lipoaspiração. As áreas nas quais o procedimento é possível são:

  • abdome;
  • dorso;
  • flancos;
  • coxas e culotes;
  • braços;
  • mamas;

Um cirurgião plástico experiente sempre vai buscar realizar a incisão em um local de menor visibilidade, possibilitando que a cicatriz resultante seja mais discreta. Entretanto, o local da incisão será determinado de acordo com os anseios do paciente com a lipoaspiração.

Independente da região na qual seja feito o procedimento, a incisão é pequena, sendo necessária apenas para a introdução da cânula.

Cuidados pós-operatórios

O pós-operatório é um período fundamental para uma boa cicatrização da cirurgia. É indispensável seguir as indicações médicas referentes à alimentação nos primeiros dias, período de repouso e afastamento das atividades, principalmente aquelas mais pesadas, como exercícios, direção de veículos etc.

Sessões de drenagem linfática após a lipoaspiração são fundamentais para um bom resultado, na medida em que auxiliam na melhora do inchaço e na prevenção de fibroses.

Deve-se ainda fazer uso de malha compressiva por no mínimo um mês após a cirurgia. É importante também evitar a exposição solar nos primeiros meses, para que a cicatriz e as áreas de roxidão não fiquem marcadas.

Com esses cuidados é possível ter os resultados definitivos da lipoaspiração entre quatro e seis meses após o procedimento. A cicatrização também é mais eficaz, fazendo com que a cicatriz normalmente discreta torne-se praticamente imperceptível.