Tel: (11) 5093-3921 / (11) 96445-1045
Facebook do Dr. Paolo Linkedin do Dr. Paolo Instagram do Dr. Paolo Twitter do Dr. Paolo Canal do Youtube do Dr. Paolo

Existe contra indicações para a Rinoplastia?

Existe contra indicações para a Rinoplastia?

A rinoplastia é um procedimento eletivo realizado para alterar a aparência nasal ou melhorar a sua função. Uma rinoplastia de sucesso requer um cuidadoso exame pré-operatório e um planejamento preciso e detalhado.

O nariz deve ser cuidadosamente analisado para definir as deformidades estéticas e anatômicas específicas que requerem correção, e quais técnicas serão empregadas para isto.

O paciente deve estar emocionalmente e fisiologicamente preparado para realizar a cirurgia com expectativas claras e realistas. Embora o risco de uma cirurgia plástica nunca deva ser minimizado, a rinoplastia é um procedimento em geral muito bem tolerado pelos pacientes que contam com boa saúde.

Contraindicações para a rinoplastia

Antes de realizar a rinoplastia, os pacientes devem ser submetidos a uma série de exames obrigatórios com os quais é possível identificar eventuais contraindicações e o estado de saúde do paciente. Outro fator muito importante a se avaliar no pré-operatório é o aspecto psicológico do paciente, e suas expectativas de resultado.  Por se tratar de avaliações subjetivas, é fundamental que tanto cirurgião quanto paciente estejam alinhados com relação aos objetivos e possibilidades. Caso isto não ocorra, é mais prudente que a cirurgia não seja realizada, para evitar frustrações no pós-operatório.

Além dos conflitos psicológicos, os exames médicos pré-operatórios também indicarão as contraindicações absolutas e relativas. Tipicamente, as contraindicações absolutas incluem doenças graves que não permitem que uma operação plástica seja realizada. Uma rinoplastia não pode ser realizada caso o paciente apresente descompensação de :

  • diabetes;
  • doença cardíaca grave;
  • neoplasias em tratamento;
  • hipertensão arterial sem controle;
  • doenças infecciosas;
  • esteja se recuperando de uma doença grave;
  • problemas de coagulação do sangue.

Algumas contraindicações são temporárias. Às vezes é suficiente que o paciente passe por um determinado tratamento para que possa novamente ser elegível para a rinoplastia. A rinoplastia também não deve ser realizada se o paciente apresentar :

  • idade menor que 15 anos;
  • patologias de pele que interfiram no resultado cirúrgico

Embora a maioria dos procedimentos de rinoplastia não apresentem problemas pós operatórios, os pacientes devem educar-se sobre os potenciais efeitos colaterais e riscos da rinoplastia, bem como seus próprios fatores de risco pessoais. Discutir esses riscos com um cirurgião plástica experiente e certificado é vital para garantir um resultado satisfatório.