Tel: (11) 5093-3921 / (11) 96445-1045
Facebook do Dr. Paolo Linkedin do Dr. Paolo Instagram do Dr. Paolo Twitter do Dr. Paolo Canal do Youtube do Dr. Paolo

Cirurgia de enxaqueca occipital – Como é realizada?

Cirurgia de enxaqueca occipital – Como é realizada?

A Migrânea ou enxaqueca, como é conhecida popularmente, é uma das enfermidades que mais incapacita homens e mulheres, sendo que acomete cerca de 15% da população mundial. No entanto, o que poucas pessoas conhecem é o fato de que a doença pode ter um tratamento praticamente definitivo por meio da cirurgia de enxaqueca. Entenda melhor como funciona o procedimento.

O que é a cirurgia de enxaqueca?

O procedimento cirúrgico para o tratamento da Migranea é pouco invasivo e consiste em pequenas incisões realizadas pelo cirurgião plástico especialista em regiões discretas da parte superior frontal da face do paciente, como pálpebras, couro cabeludo, vias nasais, entre outras.

O conceito da técnica é baseado no fato de que algumas estruturas naturais do corpo humano causam pressão sobre os ramos dos nervos trigêmeo e occipital, fazendo com que o corpo libere neurotoxinas, que geram a inflamação de membranas e nervos do cérebro. Essas estruturas podem ser:

  • Ossos;
  • Músculos;
  • Vasos sanguíneos;
  • Fáscias, entre outras.

Durante o procedimento, o cirurgião plástico realiza a liberação dos nervos por meio da ressecção ou retirada dessas estruturas, aliviando a pressão e, consequentemente, amenizando as dores da enxaqueca.

Existem algumas formas de realizar o procedimento, variando, principalmente, de acordo com o local em que a dor da Migrânea inicia. Dentre elas, podemos destacar a forma occipital. Entenda melhor sobre o procedimento.

Como a cirurgia de enxaqueca occipital funciona?

A cirurgia de enxaqueca por meio da técnica occipital é indicada para os casos de pacientes que apresentam o foco da dor da enxaqueca na parte de trás do crânio ou na nuca. Essas dores podem ser causadas pela compressão de diversos nervos da região, no entanto, o principal deles é o nervo occipital maior.

Na maioria dos casos a compressão desse nervo é realizada por vasos sanguíneos ou músculos. Portanto, a fim de amenizar as crises de dor dos pacientes, o cirurgião plástico especialista em enxaqueca realiza a ressecção ou retirada de parte do músculo semi-espinal ou vaso sanguíneo que esteja causando a enxaqueca, promovendo a descompressão do nervo em toda sua extensão. Este tipo de cirurgia é realizada através de incisões no couro cabeludo e que ,portanto, não ficam visíveis depois.

Apesar de representar um tratamento definitivo para grande parte dos pacientes que realizam o procedimento, apenas um especialista poderá confirmar se a cirurgia plástica de enxaqueca via occipital é a mais indicada para o caso.

Agende sua consulta