O que é a cirurgia plástica das pálpebras?

O que é a cirurgia plástica das pálpebras?

A blefaroplastia, ou cirurgia plástica das pálpebras, é um dos procedimentos cirúrgicos estéticos de maior procura no país. A técnica retira o excedente de gordura ou flacidez que se forma nas pálpebras, o que melhora o aspecto do olhar e minimiza o ar de cansaço que olhos “caídos” dão ao semblante.  Segundo a Censo da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), de 2014 até 2016, foram feitas 136.936 cirurgias plásticas das pálpebras, sendo que esse procedimento está na 6º posição do ranking de procedimentos de maior relevância, feito pela entidade. A cirurgia pode ser feita nas pálpebras superiores e nas inferiores, sendo que quando combinadas, promovem um melhor rejuvenescimento do olhar. Esse efeito ocorre devido a minimização das bolsas de gordura que se formam na região e da flacidez, resultando em um olhar mais jovial. É importante que o paciente tenha consciência de que o rejuvenescimento será ao redor dos olhos e não em toda a face. Para esse rejuvenescimento total, é necessário agregar outros procedimentos à cirurgia das pálpebras, que pode ser o lifting facial, a aplicação da toxina botulínica – Botox°— , o preenchimento com ácido hialurônico ou preenchimento com gordura, por exemplo. Esses procedimentos casados devem ser previamente acordados com o cirurgião plástico para que ele possa fazer o plano cirúrgico mais completo, e atender aos anseios de seus pacientes. A blefaroplastia é feita por homens e mulheres, sendo que além de melhorar o aspecto do olhar, pode corrigir problemas que impactam de forma direta a visão, como a ptose palpebral e a blefarocalásia. Nos dois casos, a pálpebra pode diminuir a visão. Tipos de procedimentos...
Tire suas dúvidas sobre o Lifting Facial

Tire suas dúvidas sobre o Lifting Facial

A procura pela aparência mais jovial tem sido comum nos dias atuais. Tratamentos estéticos, maior adesão à prática de exercícios físicos e a mudança nos hábitos alimentares ajudam na preservação da saúde, e quando só isso não resolve, a cirurgia plástica entra de forma complementar. Para o rejuvenescimento da face, em específico, o procedimento é o lifting facial ou ritidoplastia. Com técnicas mais avançadas, que incluem tratar a camada mais profunda da pele, hoje o lifting facial consegue minimizar rugas e a flacidez com resultado muito natural.  Diferentemente do passado, em que a pele esticada em demasia, evidenciava o procedimento cirúrgico. A ritidoplastia, ou cirurgia de rejuvenescimento facial, vai agir em três pontos distintos do rosto: Pescoço e papadas (terço inferior); Bochechas e malares (terço médio); Sobrancelha e testa (terço superior); Pode ser que o paciente precise apenas fazer o lifting de terço inferior, por exemplo, mas haverá casos em que as três áreas serão tratadas, ou seja, remodeladas pelo cirurgião plástico.  A técnica de lifting facial consiste em retirar o excesso de flacidez da face, e reposicionar os tecidos, tanto os mais profundos quanto os superficiais. Isso resultará em um aspecto menos cansado, um semblante mais jovem e a autoestima elevada. A flacidez e a gordura são reflexos de fatores genéticos ou da falta de cuidados desde cedo. O tabagismo, o sedentarismo, a exposição excessiva e sem proteção ao sol e a má alimentação, são fatores diretamente relacionados ao envelhecimento. Somadas ao efeito da gravidade e o avançar da idade, fazem com que as pessoas fiquem com o semblante caído e aparentem mais idade do que realmente têm....
Quando a cirurgia plástica de queixo (mentoplastia) é indicada?

Quando a cirurgia plástica de queixo (mentoplastia) é indicada?

A cirurgia plástica de queixo, também chamada de mentoplastia ou genioplastia, permite remodelar e adequar a estrutura do mento, melhorando o contorno do pescoço e de todo o terço interior da face de forma a torná-lo mais harmonioso com o restante do rosto. Essa cirurgia plástica pode ser realizada tanto para aumentar, reduzir ou corrigir assimetrias na região. Conheça os tipos de cirurgias no queixo: a mentoplastia de aumento é o procedimento mais comum, e envolve a inclusão de próteses (que podem ser de silicone ou polietileno), avanço da estrutura óssea ou preenchimentos. Tratam-se de procedimentos rápidos e com boa recuperação; a mentoplastia de redução é sempre feita através da alteração da estrutura óssea do mento, diminuindo seu tamanho horizontal, vertical ou ambos; o procedimento para corrigir a assimetria do mento é realizado quando existe alguma diferença entre um lado e outro do queixo. Também pode ser feito através de cirurgia ou com uso de preenchedores. A indicação de cada procedimento depende do diagnóstico médico sobre a condição do paciente, sendo necessário realizar os exames pré-operatórios para que seja possível identificar a necessidade de tratamento. A cirurgia de redução do mento, por exemplo, não implica apenas em uma intervenção estética, sendo que as demandas funcionais também devem ser atendidas.   Em quais casos a cirurgia plástica de queixo é indicada? Existem três procedimentos possíveis para casos de mentoplastia, sendo que cada um deles é indicado quando uma condição específica é diagnosticada. São elas: macrogenia: quando o queixo é muito proeminente e desproporcionalmente maior; microgenia: quando o queixo é deficiente, ou seja, em proporções menores do que o necessário para...
Pré e pós-operatório da mentoplastia (Cirurgia do Queixo)

Pré e pós-operatório da mentoplastia (Cirurgia do Queixo)

Antes de se submeter a qualquer procedimento cirúrgico é essencial que o paciente pesquise e se informe sobre os cuidados que devem ser tomados antes e depois. Para saber melhor sobre o pré e pós-operatório da mentoplastia, por exemplo, indica-se além de pesquisas, uma consulta com um cirurgião plástico que possa esclarecer dúvidas e realizar a avaliação do caso. Ainda que a pesquisa auxilie o paciente, alguns cuidados são influenciados diretamente pela técnica adotada durante a cirurgia. No caso da plástica de queixo, por exemplo, a opção pela prótese de silicone ou pelo avanço ósseo impacta em como será a recuperação do paciente. Portanto, conheça quais cuidados devem ser tomados antes e depois da mentoplastia e liste as dúvidas que poderão ser esclarecidas pelo médico.   Pré-operatório da mentoplastia O primeiro passo do pré-operatório é pesquisar um cirurgião plástico registrado na Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) para conduzir o procedimento. Com a consulta marcada devem ser esclarecidas as dúvidas sobre a técnica de mentoplastia, as indicações e se você é um candidato apto a realizar a cirurgia. O médico solicitará os exames necessários para fazer uma avalição do quadro clínico do paciente. É importante que além do histórico médico, seja apresentado ao especialista o histórico odontológico, para avaliar se há necessidade de uma cirurgia ortognática, para a mordida, ou se a mentoplastia é suficiente. Com os exames realizados e o parecer médico favorável à realização da cirurgia, alguns outros cuidados devem ser tomados para o pré-cirúrgico, como: verificar com o médico qual tipo de anestesia será usada na cirurgia; interromper o uso de medicamentos à base de ácido...
Como é a cicatrização da rinoplastia?

Como é a cicatrização da rinoplastia?

A cirurgia de rinoplastia é um dos procedimentos estéticos mais realizados no Brasil, entretanto, o período de cicatrização ainda assusta muitos pacientes. O ideal é conversar com um cirurgião plástico que poderá desmistificar diversas questões relacionadas com a técnica. A cicatrização da rinoplastia, assim como de outras cirurgias, exige um pós-operatório cuidadoso e um tempo de repouso adequado. No entanto, ao respeitar as indicações médicas para esse período, ela é bastante tranquila. Quais as etapas da cicatrização da rinoplastia? Após a realização da rinoplastia, o paciente normalmente tem alta hospitalar após 6 a 12 horas da realização do procedimento. Inicialmente, ele será liberado com curativos que incluem uma tala que deverá ser usada entre 5 a 7 dias após a cirurgia. O paciente será instruído pelo cirurgião plástico a retornar dentro de sete dias para realizar a retirada dos pontos e troca de curativos. Nesta consulta, o médico avaliará como está a recuperação e cicatrização. Tanto a tala quanto os curativos são bastante importantes no processo de cicatrização, pois eles sustentam a nova estrutura nasal até que o organismo esteja mais habituado com a nova anatomia do nariz. Respeitar essas etapas da cicatrização da rinoplastia possibilita alcançar resultados mais satisfatórios com a cirurgia plástica. Na primeira semana após a cirurgia é comum que a face fique inchada e com hematomas, principalmente em casos nos quais é necessário fraturar o osso nasal. As equimoses (áreas de roxidão) começam a reduzir cerca de três dias após o procedimento. Nos primeiros dois meses é comum que o paciente relate inchaços, o que impede de ver o resultado final. O inchaço pode ainda...
O que é preenchimento facial com ácido hialurônico?

O que é preenchimento facial com ácido hialurônico?

A busca por uma aparência mais jovem faz com que muitas pessoas optem por tratamentos estéticos como o preenchimento facial com ácido hialurônico. Entretanto, antes de partir para uma intervenção estética dessas proporções é necessário pesquisar melhor sobre a técnica. Saber o que esperar do tratamento escolhido é o primeiro passo para alinhar corretamente as expectativas com a realidade da técnica, alcançando um resultado final mais satisfatório. Como é realizado o preenchimento facial? Inicialmente, é necessário saber o que é o preenchimento facial. Ele consiste na aplicação de ácido hialurônico com o objetivo de melhorar o aspecto de rugas e sulcos faciais, uma vez que a substância tem como característica o preenchimento, que gera mais volume, melhorando o contorno e rejuvenescendo a face. O preenchimento facial é realizado em consultórios e clínicas e tem uma duração de aproximadamente 40 minutos, de acordo com as áreas a serem tratadas.  O produto vem na forma de ampolas e são aplicadas com agulhas ou pequenas cânulas. Nos últimos anos houve uma evolução muito grande destes produtos e sua forma de aplicação, de forma que é possível hoje conseguir um efeito “lifting” excelente, e mesmo postergar uma cirurgia em pacientes mais jovens que ainda não têm tanta flacidez dos tecidos. A técnica é realizada por um médico, com especialidade nessa área, como é o caso do cirurgião plástico ou dermatologista. De acordo com o procedimento, o especialista pode optar pela anestesia local ou tópica, sendo que a limpeza é realizada no momento da aplicação que utiliza uma injeção com o ácido hialurônico. Como a ácido hialurônico age no rosto? Ao ser aplicado na...