Você já ouviu falar em otoplastia?

Você já ouviu falar em otoplastia?

A otoplastia, cirurgia de correção de imperfeições nas orelhas é muito mais comum do que se imagina. Para se ter uma ideia, crianças a partir dos sete anos já podem realizar o procedimento, sendo que o mesmo tem fins estéticos e de correção de pequenas imperfeições. A maioria das queixas nos consultórios referem-se às orelhas com maior projeção, popularmente apelidadas de “orelhas de abano”. A otoplastia corrige esse aspecto, deixando o formato das orelhas menos sobressaltados e mais adequado ao rosto do paciente. Um dos motivos de uma pessoa ser acometida por alguma deformidade na orelha é a genética, parentes próximos que apresentam a mesma situação ou por má formação, sendo que em todos casos a otoplastia pode melhorar esses pequenos defeitos. A otoplastia pode corrigir ainda o lóbulo rasgado – furo na orelha que rasgou — ou de pacientes que apresentem esses lóbulos muito grandes. A correção do lóbulo é chamada de lobuloplastia. Porém, nos consultórios médicos a procura em maior quantidade é para a correção da orelha de abano. Como é feita a otoplastia? A cirurgia plástica de otoplastia é um procedimento considerado pouco invasivo, sendo que o tempo médio da cirurgia é de 90 minutos. Deve ser feito em ambiente hospitalar com acompanhamento de equipe médica. É feita sob anestesia geral ou anestesia local com sedação. O paciente pode ter alta hospitalar no mesmo dia. Atestado a boa condição clínica do paciente e a necessidade da cirurgia, o cirurgião plástico fará uma incisão na parte posterior da orelha. A incisão fica imperceptível, principalmente após a orelha ser posicionada para trás, escondendo a cicatriz. Feito a reconstrução...
Como funciona o pré-operatório da Rinoplastia

Como funciona o pré-operatório da Rinoplastia

Após muito pensar e analisar os prós e os contras de uma rinoplastia, ou seja, uma cirurgia plástica no nariz, ficou decidido que se submeterá ao procedimento cirúrgico? Saiba que antes de entrar na sala de cirurgia e ter o nariz desejado, são necessários diversos cuidados. O primeiro e mais importante, é a consulta com um cirurgião plástico renomado, que indicará a melhor técnica e trará melhor harmonia para face. Na consulta com o cirurgião plástico que fará a rinoplastia, é de extrema importância que seja relatada qualquer doença pré-existente e medicações em uso. Seja uma rinite alérgica ou uma doença cardíaca, nada deve ser deixado de mencionar ao cirurgião, para que ele possa avaliar os riscos do procedimento cirúrgico. Mesmo o uso de vitaminas e suplementos devem ser mencionados. Após o primeiro sinal verde para a realização da cirurgia plástica, que é a avaliação prévia em consultório, uma lista de exames clínicos será solicitada, sendo necessários para que o paciente esteja apto para a cirurgia.  Os exames que devem ser apresentados antes de agendar a cirurgia são: Exames de sangue: hemograma completo para a conferência de possíveis anemias, infecções entre outros fatores impeditivos; Eletrocardiograma (ECG): para avaliação cardiológica. Assim o cirurgião pode identificar fatores de risco e evitar riscos no centro cirúrgico; Coagulograma: Esse exame medirá o tempo de coagulação do paciente, como os seguintes fatores — Tempo de Sangramento (TS), Tempo de Coagulação (TC), Retração do coágulo, Tempo de Ativação da Protrombina (TAP), Tempo de Ativação Parcial da Tromboplastina (KPTT ou TTPA) e o número de Plaquetas; Análise para medição de: ureia, sódio, creatinina e do potássio.Exame...
Tire suas dúvidas sobre o Lifting Facial

Tire suas dúvidas sobre o Lifting Facial

A procura pela aparência mais jovial tem sido comum nos dias atuais. Tratamentos estéticos, maior adesão à prática de exercícios físicos e a mudança nos hábitos alimentares ajudam na preservação da saúde, e quando só isso não resolve, a cirurgia plástica entra de forma complementar. Para o rejuvenescimento da face, em específico, o procedimento é o lifting facial ou ritidoplastia. Com técnicas mais avançadas, que incluem tratar a camada mais profunda da pele, hoje o lifting facial consegue minimizar rugas e a flacidez com resultado muito natural.  Diferentemente do passado, em que a pele esticada em demasia, evidenciava o procedimento cirúrgico. A ritidoplastia, ou cirurgia de rejuvenescimento facial, vai agir em três pontos distintos do rosto: Pescoço e papadas (terço inferior); Bochechas e malares (terço médio); Sobrancelha e testa (terço superior); Pode ser que o paciente precise apenas fazer o lifting de terço inferior, por exemplo, mas haverá casos em que as três áreas serão tratadas, ou seja, remodeladas pelo cirurgião plástico.  A técnica de lifting facial consiste em retirar o excesso de flacidez da face, e reposicionar os tecidos, tanto os mais profundos quanto os superficiais. Isso resultará em um aspecto menos cansado, um semblante mais jovem e a autoestima elevada. A flacidez e a gordura são reflexos de fatores genéticos ou da falta de cuidados desde cedo. O tabagismo, o sedentarismo, a exposição excessiva e sem proteção ao sol e a má alimentação, são fatores diretamente relacionados ao envelhecimento. Somadas ao efeito da gravidade e o avançar da idade, fazem com que as pessoas fiquem com o semblante caído e aparentem mais idade do que realmente têm....
Como funciona a prevenção de fibrose após a Rinoplastia

Como funciona a prevenção de fibrose após a Rinoplastia

Muitas são as dúvidas de quem pretende passar por uma cirurgia plástica, em especial quando se trata de uma rinoplastia. No consultório, muitos pacientes questionam sobre o procedimento em si, do pós-operatório, das cicatrizes do procedimento e claro, do resultado final. Assim como o sucesso da cirurgia depende do cirurgião, o resultado dependerá e muito do paciente, sendo necessária uma atenção especial à fibrose. Como qualquer cirurgia plástica, a rinoplastia é um procedimento invasivo e de lenta recuperação. Isso deve-se ao fato de como o organismo cicatrizará as lesões feitas no procedimento e é justamente nessa hora que é preciso se preocupar com a fibrose. Afinal, o que é fibrose? A fibrose é o processo de cicatrização interna de uma lesão. É caracterizada pelo aumento das fibras de um tecido que está em processo cicatricial. Quando apresenta um desenvolvimento desordenado, faz surgiu uma cicatriz que esteticamente, não é agradável. As causas possíveis do surgimento da fibrose são: O edema foi muito excessivo, que agravou o processo de cicatrização; Técnica inadequada; Descuido do paciente, que não seguiu à risca os cuidados com o pós-operatório. Quais os procedimentos com maior incidência de fibrose? Cirurgias plásticas de maior proporção, como a lipoaspiração e a abdominoplastia, podem resultar em fibrose com maior frequência, ao se comparar com a rinoplastia, por exemplo. Mas, como já mencionado, o pós-cirúrgico é crucial para minimizar o trauma causado pelo procedimento. A cirurgia plástica no nariz também envolve o processo de cicatrização e não está imune à fibrose. Seu local de maior incidência é a ponta do nariz, sendo que a explicação para esse fato é: a pele...
Procedimentos mais comuns feitos por um cirurgião plástico

Procedimentos mais comuns feitos por um cirurgião plástico

Um cirurgião plástico é um profissional que se formou em Medicina e posteriormente realizou a residência na área de cirurgia geral e depois em cirurgia plástica. Após essa formação, ele está apto para realizar uma série de procedimentos estéticos com mais eficiência e proporcionando melhores resultados e mais segurança para o paciente. Para escolher um cirurgião plástico de confiança é essencial verificar se ele é membro do Conselho Federal de Medicina (CFM) e também da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) assegurando além da formação, também a especialização do médico. Quais procedimentos podem ser realizados pelo cirurgião plástico? Após verificar se o profissional está devidamente registrado, ele está apto a realizar diversos procedimentos, entre eles os mais procurados do Brasil. Listamos abaixo nove dos mais comuns: Rinoplastia A rinoplastia é a cirurgia plástica do nariz e pode ser realizada com diferentes objetivos estéticos, como aumentar, reduzir, alterar o formato, diminuir as asas, melhorar a aparência da columela, entre outros. Além de melhorar a estética nasal, a técnica também pode ser associada com a correção do desvio de septo, promovendo melhorias funcionais para o paciente. Mamoplastia Entre os procedimentos mais comuns no Brasil está a mamoplastia, que pode ser realizada com diferentes fins, como de aumento, redução ou elevação, como é o caso da mastopexia. Essas cirurgias podem ser realizadas em mulheres a partir dos 15 anos, desde que com aprovação dos responsáveis legais. Além da estética, a mamoplastia redutora, por exemplo, tem uma grande importância para amenizar problemas na coluna causados pelo peso de seios desproporcionalmente grandes. Lipoaspiração A lipoaspiração também está entre os procedimentos mais realizados pelo cirurgião...